Palavra do Dia

"... se você parar de aprender, logo esquecerá o que sabe". (Provérbios 19-27)

quinta-feira, 3 de março de 2011

Como podemos nos tornar parecidos com Jesus?

FILIPENSES 2:5, 8

A partir do momento que nós aceitamos Jesus Cristo como nosso único e suficiente salvador passamos a ser discípulos dele.

Mas qual é o significado da palavra discípulo?
Discípulo é o que aprende de alguém, ou que segue os princípios do mestre.

“I João 2:6 diz: Aquele que esta nele, também deve andar como ele andou.” Vamos analisar o texto abaixo para descobrir se estamos no caminho certo, se estamos nos tornando discípulos parecidos com o mestre.

“De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve em Cristo Jesus, que sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, mas a si mesmo se esvaziou, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens. E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até a morte, e morte de cruz (Filipenses 2:5, 8).”

Atitudes do Mestre.

1º. Esvaziou a si mesmo- No momento mais difícil Jesus, o nosso mestre abriu mão da sua vontade, dos seus direitos de filho de Deus. Para cumprir a sua missão teve que dizer não para si mesmo, teve que dominar o seu eu e negar o seu querer.
Será que ele tinha opção? Claro que sim, veja o que ele disse: “Ou pensas tu que eu não poderia agora orar a meu pai, e ele me mandaria imediatamente mais de doze legiões de anjos? (Mateus 26:24)”

Assim como eu e você Jesus também tem o direito de escolha, ele disse que poderia orar ao Pai e seria livre daquele momento difícil, só que Jesus escolheu fazer a vontade do Pai. “Pai se QUERES, passa de mim este cálice, todavia não se faça a minha vontade, mas a tua (Lucas 22:42).”

Jesus esvaziou a si mesmo, negou a sua vontade para conseguir realizar a vontade do Pai. Para andarmos como Jesus andou devemos aprender a dizer não para nós mesmo, se não conseguirmos dizer não para nós mesmo nunca vamos conseguir dizer sim para Jesus, lembre-se das palavras de Paulo: “Estou Crucificado com Cristo, e já não vivo, mas Cristo vive em mim (Gálatas 2:20).

2º. Atitude. Tomou a forma de servo- Servo é aquele que pertence a um Senhor, aquele que não tem liberdade própria ou que não pertence a si mesmo. Servo é aquele que não tem livre disposição da sua vontade, dos seus pensamentos e dos seus atos. Para cumprir sua missão Jesus deixou de lado todos os privilégios, abriu mão de todos os direitos de filho. Tomou a forma de servo. “porque o filho do homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos (Mateus 20:28).” Assim como Jesus nós somos filhos de Deus (João 1:12), Somos herdeiros de Deus (Romanos 8:17), porém, enquanto estivermos aqui nessa terra devemos imitar o nosso mestre, devemos tomar a forma de servos e trabalhar na ceara do Nosso Senhor, Jesus disse: “Eu vos dei o exemplo, para que façais o que eu fiz (João 13:15). Será que estamos imitando o mestre? Será que estamos nos colando como servos? Ou será que estamos tentando ser os donos da obra? Será que estamos obedecendo ao nosso Senhor, fazendo a vontade dele ou vivemos e praticamos somente aquilo que nos agrada? O discípulo precisa seguir os passos do mestre. “Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me (Mateus 16:24).” Lembre-se, O servo fiel, que obedece e trabalha para o seu Senhor será recompensado. “Bem esta servo bom e fiel, sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei (Mateus 25:21). Imite Jesus, sirva com alegria e com certeza no tempo certo o teu Senhor vai te honrar. “Aquele que me serve deve seguir-me, e onde eu estiver ali estará também o meu servo. E se alguém me servir meu pai o honrará (João 12:26).”

3º. Atitude. Humilhou-se a si mesmo- Jesus colocou de lado sua forma divina e adotou uma forma inferior, a forma humana e mesmo sendo homem ele não escolheu riqueza, poder ou posições mundanas. Em vez disso ele se esvaziou de tudo, veio como um servo nasceu em uma manjedoura e morreu pendurado no madeiro como um criminoso. Em tudo ele se humilhou, deixou todos os seus direitos de lado, confiando que Deus era poderoso para exaltar e confirmar suas promessas nele. Como seus discípulos devemos aprender com o seu exemplo. “Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração, e encontrareis descanso para as vossas almas (Mateus 11:29). Por mais que você já tenha feito, ou esteja fazendo pela obra de Deus nunca conseguirá pagar o que Deus já fez por você. Na obra de Deus quanto mais você cresce mais você se torna servo.” O maior entre vós seja como o menor, e quem governa seja como quem serve ((Lucas 22:26).” Jesus o maior no reino de Deus humilhou-se a si mesmo, negou sua vontade, e como servo foi obediente até a morte e morte de cruz. Ele disse: “O discípulo não é mais do que o mestre, nem o servo mais do que o seu Senhor (Mateus 10:24).” Será que estamos agindo como discípulos? Será que somos parecidos com Jesus? Como Cristãos, sabemos que temos de ser parecidos com Cristo não somente em nosso comportamento, mas também em nossos pensamentos. O Versículo 5 nos chama a atenção para que deixemos Cristo trabalhar em nossa mente, e o versículo 8 nos ensina como fazer isso sendo humildes e obedientes. Isso é que é ser um discípulo de Cristo. Deixe o mestre moldar todo o teu ser e assim, com certeza você vai participar não apenas das aflições, mas também das bênçãos prometidas aos verdadeiros discípulos.

“Amados, não estranheis a ardente prova que vem sobre vós para vos tentar, como se coisa estranha acontecesse. Mas alegrai-vos no fato de serdes participantes das aflições de Cristo, para que também na revelação da sua glória vos regozijeis e alegreis. Vocês serão felizes se forem insultados por serem seguidores de Cristo, porque isso quer dizer que o glorioso espírito de Deus esta em vocês (I Pedro 4:12, 14). Lembre-se:” Deus resiste ao soberbo mais da graça aos humildes (I Pedro 5:5).” Imite ao mestre seja parecido com ele, esvazie-se de si mesmo, seja humilde e faça a vontade do Senhor como um bom servo e assim, com certeza você será como ele um GRANDE VITORIOSO.

Por: Pastor Elésio Heck

Um comentário: